Saltar os Menus

Notícias

1 de Outubro de 2018

Documento do mês de outubro de 2018

Hoje, dia 1 de outubro, comemora-se o Dia Internacional do Idoso. Instituído pelas Nações Unidas em 1991, tem como objetivo sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e alertar para a necessidade que os idosos têm de ser protegidos e não negligenciados pelas gerações mais novas.

O documento que destacamos no mês de outubro é o exemplo da preocupação demonstrada por um padre que, provavelmente pela sua avançada idade, decidiu tomar providências para assegurar o seu futuro e poder viver com dignidade até ao fim dos seus dias.

O documento em destaque é o contrato celebrado no Cartório Notarial de Estremoz, do tabelião José Maria Correia, a 9 de março de 1838, entre, por um lado, o Padre Joaquim da Mãe dos Homens Cavaco e, por outro, o senhor Jacinto José Vidigal e sua mulher Ana Rita.

O padre, achando-se desamparado, contratou o casal para que o recolhesse em sua casa, o alimentasse, lhe desse cama e mesa com decência, roupa lavada e amanhada, e que, no início de cada mês, lhe dispensasse 800 réis para o tabaco e calçado. Tudo na condição de ser o usufrutuário de todos os seus bens enquanto vivesse. Quando falecesse, ficaria o casal beneficiário de todo o seu património.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cota: Cartório Notarial de Estremoz, liv. 317, f. 49 v.º e 50.

 

Esta notícia foi publicada em 1 de Outubro de 2018 e foi arquivada em: Documento do mês, Documento em destaque.

Arquivo Distrital de Évora