Saltar os Menus

Notícias

1 de Setembro de 2015

Documento do mês de setembro de 2015

Em setembro o Arquivo Distrital de Évora publicita alguns documentos de uma das muitas diligências matrimoniais dirigidas à Câmara Eclesiástica de Évora destinadas a instruir o processo de casamento religioso.

Apresentamos as diligências de Joaquim Carlos Champalimaud de Nussane Sousa Lyra e Castro, nascido a 13 de março de 1821, natural da freguesia de S. João Batista de Tomar, termo de Santarém, e de D. Maria Madalena Pais Guerreiro de Sande Salema, nascida a 28 de julho de 1834, natural da matriz de Grândola.

O noivo era filho de José Joaquim Champalimaud de Nussane de Sousa Lyra e Castro de Barbosa e de D. Maria Clara de Sousa Lira e Castro Barbosa.

A noiva era filha de João Alexandre Guerreiro Barradas de Sande e de D. Maria da Luz Pais de Matos Falcão.

O noivo foi nomeado aspirante de 1.ª classe da Secretaria da Fazenda Nacional, por carta de D. Maria II de 20 de Janeiro de 1845.

O pai do noivo era Fidalgo da Casa Real, Comendador da Ordem da Torre de Espada, Professo de S. Bento de Avis, Cavaleiro de diferentes ordens, Marechal de Campo nos exércitos de Sua Majestade e Comandante da 5ª divisão de Infantaria.

O pai da noiva era administrador do vínculo dos Guerreiros Barradas de Sande.

A noiva era sobrinha do Conde de Bracial.

19 10 1112

Código de referência: PT-ADEVR-FE-DIO-CEEVR-B-001-7910

Cxª 203

Esta notícia foi publicada em 1 de Setembro de 2015 e foi arquivada em: Documento do mês.

Comente esta notícia