Saltar os Menus

Notícias

22 de Junho de 2012

Divulgação de Imagens: novos Cartórios Notariais Extintos acessíveis

Mantemo-nos empenhados na aproximação à Sociedade, nomeadamente pela disponibilização remota de informação digital aos nossos utilizadores.

Continua a ser a nossa grande aposta os Notários Extintos por vários motivos:

  1. Trata-se de livros de cartórios notariais que foram extintos, tal como os concelhos a que pertenciam, em meados do séc. XIX. Como tal foram considerados fundos fechados por não produzirem mais documentação;
  2. Alguma da documentação está em muito mau estado de conservação pelo que o manuseamento deve ser o menor possível e com a digitalização podem ser preservados os originais;
  3. Estes Fundos revestem-se de grande interesse para a história regional e local, abrangendo uma grande diversidade de escrituras: de compra, procuração, venda, quitação e obrigação, partilhas, arrendamento, dote de casamento, fiança, perdão, aforamento, desistência, trespasse, distrate…

Até agora estavam disponíveis no DigitArq as imagens dos seguintes Cartórios Notariais Extintos:

Cartório Datas extremas Total de imagens (aprox.)
Aguiar 1625/1751 2 203
Alcáçovas 1670/1916 11 303
Brotas 1716/1809 3 596
Cabeção 1616/1833 1 939
Evoramonte 1694/1841 7 252
Juromenha 1706/1841 5 953

A partir de agora, passam também a estar disponíveis os Cartórios Notariais de Lavre e de Monsaraz.

Lavre 1814/1899 4 461
Monsaraz 1600/1827 32 842
Esta notícia foi publicada em 22 de Junho de 2012 e foi arquivada em: Geral.

Comente esta notícia