Saltar os Menus

Notícias

29 de Novembro de 2016

Arquivo Distrital de Évora faz 100 Anos

Estamos de Parabéns!

O Arquivo Distrital de Évora faz hoje 100 anos!

Por essa razão, destacamos, como Documento do Mês de novembro de 2016, o Decreto n.º 2859, de 29 de novembro de 1916.

O Arquivo Distrital de Évora foi criado para dar resposta à necessidade de recolher, tratar e disponibilizar os volumes de documentação de que a República se vinha apropriando, provenientes da Igreja Católica e dos serviços públicos do distrito.

Para o efeito, o Estado alargou o espaço da Biblioteca Pública de Évora através do arrendamento de três dependências do Paço Arquiepiscopal, da cedência da casa capitular da Sé e da expropriação do Convento dos Lóios.

A BPE vinha desempenhando, de facto, a função de Arquivo Distrital nos primeiros anos da República.

Mas desde os tempos do diretor Cunha Rivara (1838-1855) que se recolhia documentação de arquivo na BPE, o que deu origem ao chamado “archivo” da Biblioteca Pública, no qual estavam códices antigos e documentação dos conventos extintos.

O pagamento do amanuense-arquivista pelo Município de Évora foi, também, um fator decisivo para que o Arquivo Distrital fosse criado e funcionasse regularmente.

Quando foi criado, o Arquivo Distrital possuía já um acervo volumoso, bem como espaço para o arrumar e um quadro de pessoal para funcionar. Foi, também, desde logo definido o que deveria incorporar, dando-se um amplo espaço de manobra para que recolhesse documentação do distrito e da diocese, levando a que, 100 anos depois, guardemos mais de 200 fundos com documentos entre os séculos XIV e XXI arrumados em cerca de 4 quilómetros de prateleiras.

2859b

2859a

Esta notícia foi publicada em 29 de Novembro de 2016 e foi arquivada em: Documento do mês, Documento em destaque.

Comente esta notícia